sextoys

Índice Internacional de Brinquedos Sexuais: As Preferências de Cada País Reveladas

Existem muitas opções quando se trata de brinquedos sexuais. Grandes e pequenos, longos e curtos, lúdicos e modernos, alguns vibram e outros não. Queríamos descobrir o que as pessoas preferem e se existem preferências específicas por país. É por isso que analisamos os dez sex toys mais comprados em onze países diferentes. Nós conferimos qual é o tipo de brinquedo que as pessoas preferem, o comprimento, a largura, a cor, o material e o preço na Amazon.

Os dados mostram que a Itália gasta mais por brinquedo – €48,70 em média – do que qualquer outro país abrangido pela pesquisa. O segundo lugar vai para a França, com €41,90, e o terceiro lugar para a Alemanha, com €28,80. Ao analisar o comprimento dos brinquedos, descobrimos que a Espanha compra os maiores dildos e vibradores, o comprimento médio entre os dez mais vendidos na Espanha é de 18,8 cm. O Canadá prefere brinquedos muito mais curtos, que medem em média 12,5cm, o menor comprimento revelado pela comparação do país.

Com tantos tipos diferentes de brinquedos disponíveis, estávamos nos perguntando se haveria um favorito e descobrimos que 39% de todos os brinquedos sexuais mais vendidos são vibradores. O dildo clássico, sem recurso de vibração, é responsável por 20%, tornando o dildo o segundo brinquedo sexual mais popular. Os consumidores claramente preferem um design moderno aos brinquedos que parecem totalmente reais. Enquanto quase 60% dos brinquedos têm um visual clássico ou moderno, apenas um em cada três brinquedos tem a forma de um pênis.

Aqui está o conjunto completo de dados: